correoslista de correosrecibe automaticamente las actualizaciones a tu correosiguenos en tuitersiguenos en facebook siguenos en youtube

enlaceZapatista

Palabra del Ejército Zapatista de Liberación Nacional

Mar182020

Devido ao coronavírus, o EZLN fecha Caracoles e pede para não abandonar as lutas atuais

16 de março, 2020

AO POVO DO MÉXICO:
AOS POVOS DO MUNDO:
AO CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA – CONSELHO INDÍGENA DE GOVERNO
À SEXTA NACIONAL E INTERNACIONAL:
ÀS REDES DE RESISTÊNCIA E REBELDIA:

IRMÃS, IRMÃOS, HERMANOAS:
COMPANHEIROS, COMPANHEIRAS, COMPANHEIROAS:

COMUNICAMOS QUE:

CONSIDERANDO A AMEAÇA REAL, CIENTIFICAMENTE COMPROVADA, PARA A VIDA HUMANA QUE REPRESENTA O CONTÁGIO DO  COVID-19, TAMBÉM CONHECIDO COMO «CORONAVÍRUS».

CONSIDERANDO A F´RIVOLA IRRESPONSABILIDADE E A FALTA DE SERIEDADE DOS MAUS GOVERNOS E DA CLASSE POLÍTICA EM SUA TOTALIDADE, QUE UTILIZAM UM PROBLEMA HUMANITÁRIO PARA SE ATACAREM MUTUAMENTE, EM VEZ DE TOMAR AS MEDIDAS NECESSÁRIAS PARA ENFRENTAR ESTE PERIGO QUE AMEAÇA A VIDA SEM DISTINÇÃO DE NACIONALIDADE, SEXO, RAÇA, LÍNGUA, CRENÇA RELIGIOSA, MILITÂNCIA POLÍTICA, CONDIÇÃO SOCIAL E HISTÓRIA.

CONSIDERANDO A FALTA DE INFORMAÇÃO VERDADEIRA E ATUALMENTE SOBRE O ÂMBITO E A GRAVIDADE DO CONTÁGIO, BEM COMO A AUSÊNCIA DE UM PLANO REAL PARA ENFRENTAR A AMEAÇA.

CONSIDERANDO O COMPROMISSO ZAPATISTA EM NOSSA LUTA PELA VIDA.

DECIDIMOS

PRIMEIRO.- DECRETAR O ALERTA VERMELHO EM NOSSAS CIDADES, COMUNIDADES E BAIRROS, E EM TODAS AS INSTÂNCIAS ORGANIZATIVAS ZAPATISTAS.

SEGUNDO.- RECOMENDAR ÀS JUNTAS DE BOM GOVERNOS E MUNICÍPIOS AUTÔNOMOS REBELDE ZAPATISTAS, O ENCERRAMENTO TOTAL DOS CARACOL E CENTROS DE RESISTÊNCIA E REBELDADE IMEDIATAMENTE.

TERCEIRO.- RECOMENDAR AS BASES DE SUPORTE E TODAS AS ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS PARA SEGUIR UMA SÉRIE DE RECOMENDAÇÕES EXTRAORDINÁRIAS E MEDIDAS DE HIGIENE QUE SERÃO TRANSMITIDAS NAS COMUNIDADES ZAPATISTAS, CIDADES E BAIRROS.

QUARTO.- DIANTE DA AUSÊNCIA DOS MAUS GOVERNOS, CHAMAR TODAS, TODOS, TODOAS, NO MÉXICO E NO MUNDO, A TOMAR AS NECESSÁRIAS MEDIDAS SANITÁRIAS QUE, COM BASES CIENTÍFICAS, PERMITAM SEGUIR ADIANTE  E COM A VIDA DESTA PANDEMIA.

QUINTO – CHAMAMOS A NÃO DEIXAR CAIR A LUTA CONTRA O FEMINICÍDIO, CONTINUAR A LUTA EM DEFESA DO TERRITÓRIO E DA MADRETERRA, A MANTER A LUTA PEL@S DESAPARECID@S, ASSASSINAD@S E APRISIONAD@S, LEVANTAR BEM ALTO A BANDEIRA DA LUTA PELA HUMANIDADE.

SEXTO – CHAMAMOS A NÃO PERDER CONTATO HUMANO, MAS MUDAR TEMPORARIAMENTE AS FORMAS DE CONHECER COMPANHEIRAS,COMPANHEIRAS, COMPANHEIROAS, IRMÃS, IRMÃOS, HERMANOAS.

A PALAVRA E O OUVIDO, COM O CORAÇÃO, TEM MUITOS CAMINHOS, MUITAS MANEIRAS, MUITOS CALENDÁRIOS E MUITAS GEOGRAFIAS A ENCONTRAR.

E ESSA LUTA PELA VIDA PODE SER UMA DELAS.

É TUDO.

DAS MONTANHAS DO SUDESTE MEXICANO.
Pelo Comité Clandestino Revolucionario Indígena-Comandancia General del
Ejército Zapatista de Liberación Nacional.

Subcomandante Insurgente Moisés.

México, março de 2020.

Share

No hay comentarios »

No hay comentarios todavía.

RSS para comentarios de este artículo.

Deja un comentario

Notas Importantes: Este sitio web es de la Comisión Sexta del EZLN. Esta sección de Comentarios está reservada para los Adherentes Registrados y Simpatizantes de la Sexta Declaración de la Selva Lacandona. Cualquier otra comunicación deberá hacerse llegar por correo electrónico. Para evitar mensajes insultantes, spam, propaganda, ataques con virus, sus mensajes no se publican inmediatamente. Cualquier mensaje que contenga alguna de las categorías anteriores será borrado sin previo aviso. Tod@s aquellos que no estén de acuerdo con la Sexta o la Comisión Sexta del EZLN, tienen la libertad de escribir sus comentarios en contra en cualquier otro lugar del ciberespacio.


Archivo Histórico

1993     1994     1995     1996
1997     1998     1999
2000     2001     2002     2003
2004     2005     2006
2007     2008     2009     2010
2011     2012     2013
2014     2015     2016     2017
2018    2019   

Comunicados de las JBG Construyendo la autonomía Comunicados del CCRI-CG del EZLN Denuncias Actividades Caminando En el Mundo Red nacional contra la represión y por la solidaridad