correoslista de correosrecibe automaticamente las actualizaciones a tu correosiguenos en tuitersiguenos en facebook siguenos en youtube

enlaceZapatista

Palabra del Ejército Zapatista de Liberación Nacional

Dic302019

PALAVRAS DO MULHERES ZAPATISTAS NA ABERTURA DA SEGUNDA REUNIÃO MULHERES INTERNACIONAIS DE LUCHAN

EXÉRCITO ZAPATISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL.
MÉXICO.

27 DE DEZEMBRO DE 2019.

COMPANHEIRAS E IRMÃS:

BEM VINDAS TODAS A ESTAS TERRAS ZAPATISTAS.

BEM VINDAS AS IRMÃS E COMPANHEIRAS DAS DISTINTAS GEOGRAFIAS NOS CINCO CONTINENTES.

BEM VINDAS AS COMPANHEIRAS E IRMÃS DO MÉXICO E DO MUNDO.

BEM VINDAS AS IRMÃS E COMPANHEIRAS DAS REDES DE RESISTÊNCIA E REBELDIA.

BEM VINDAS AS COMPANHEIRAS DO CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA – CONCELHO INDÍGENA DE GOVERNO.

BEM VINDAS AS COMPANHEIRAS DA SEXTA NACIONAL E INTERNACIONAL.

BEM VINDAS AS COMPANHEIRAS BASES DE APOIO ZAPATISTAS.

BEM VINDAS AS COMPANHEIRAS MILICIANAS E INSURGENTES DO EZLN.

IRMÃ E COMPANHEIRA:

TE INFORMAMOS QUE, ATÉ O DIA DE ONTEM, 26 DE DEZEMBRO DE 2019, SE HAVIAM REGISTRADO PARA ESSE SEGUNDO ENCONTRO:

3.259 MULHERES,


95 CRIANÇAS,


26 HOMENS

DOS SEGUINTES 49 PAÍSES:

1. Alemanha
2. Argélia
3. Argentina
4. Austrália
5. Áustria
6. Bangladesh
7. Bélgica
8. Bolívia
9. Brasil
10. Canadá
11. Catalunha
12. Chile
13. Colômbia
14. Costa Rica
15. Dinamarca
16. Equador
17. El Salvador
18. Espanha
19. Estados Unidos
20. Finlândia
21. França
22. Grécia
23. Guatemala
24. Honduras
25. Índia

26. Inglaterra
27. Irlanda
28. Itália
29. Japão
30. Curdistão
31. Macedônia
32. Noruega
33. Nova Zelândia
34. País Basco
35. Paraguai
36. Peru
37. Polônia
38. Porto Rico
39. Reino Unido
40. República Dominicana
41. Rússia
42. Sibéria
43. Sri Lanka
44. Suécia
45. Suíça
46. Turquia
47. Uruguai
48. Venezuela
49. México

COMPANHEIRA E IRMÃ:

ESTAMOS MUITO FELIZES DE QUE TENHA CONSEGUIDO CHEGAR ATÉ NOSSAS MONTANHAS.

E AINDA QUE NÃO HAJA PODIDO VIR, TAMBÉM TE SAUDAMOS PORQUE ACOMPANHA DO QUE ESTÁ PASSANDO AQUI NESTE SEGUNDO ENCONTRO INTERNACIONAL DE MULHERES QUE LUTAM.

SABEMOS BEM QUE SOFREU PARA CHEGAR ATÉ AQUI.

SABEMOS BEM QUE TEVE QUE DEIXAR A TUAS FAMÍLIAS E AMIZADES.

SABEMOS BEM QUE TE CUSTOU ESFORÇO E TRABALHO PARA CONSEGUIR PAGAR A VIAGEM DESDE TUA GEOGRAFIA ATÉ A NOSSA.

MAS TAMBÉM SABEMOS BEM QUE TEU CORAÇÃO ESTÁ UM POUCO FELIZ DE QUE AQUI VAI TE ENCONTRAR COM OUTRAS MULHERES QUE LUTAM.

DE REPENTE TALVEZ TE AJUDE EM TUA LUTA O ESCUTAR E CONHECER OUTRAS LUTAS DE MULHERES COMO QUE SOMOS.

AINDA QUE ESTEJAMOS DE ACORDO OU NÃO COM OUTRAS LUTAS E SEU MODOS E GEOGRAFIAS, POIS A TODAS NOS SERVE ESCUTAR E APRENDER.

POR ISSO NÃO SE TRATA DE COMPETIR PARA VER QUAL É A MELHOR LUTA, SENÃO DE COMPARTIR E COMPARTIR-NOS.

POR ISSO TE PEDIMOS SEMPRE TENHA RESPEITO AOS DIFERENTES PENSAMENTOS E MODOS.

TODAS AS QUE ESTAMOS AQUI, E MUITAS MAIS QUE NÃO ESTÃO PRESENTES, SOMOS MULHERES QUE LUTAM

TEMOS DIFERENTES MANEIRAS, É CERTO.

MAS JÁ PODE VER QUE NOSSO PENSAMENTO COMO ZAPATISTAS QUE SOMOS É QUE NÃO SERVE QUE TODAS SEJAMOS DE IGUAL PENSAMENTO E MANEIRA.

PENSAMOS QUE A DIFERENÇA NÃO É DEBILIDADE.

PENSAMOS QUE A DIFERENÇA É FORÇA PODEROSA SE HÁ RESPEITO E HÁ ACORDO DE LUTAR JUNTAS E NÃO TUMULTUADAS.

ENTÃO TE PEDIMOS QUE COMPARTA DA TUA DOR, TUA RAIVA E TUA LUTA COM DIGNIDADE.

E QUE RESPEITE OUTRAS DORES, OUTRA RAIVAS E OUTRAS LUTAS DIGNAS

COMPANHEIRA E IRMÃ:

TEMOS FEITO TODO O POSSÍVEL PARA QUE ESTEJA CONTENTE E SEGURA.

PARECE SIMPLES DE DIZER, MAS SABEMOS BEM QUE HÁ BEM POUCOS LUGARES NO MUNDO ONDE PODEMOS ESTAR CONTENTES E SEGURAS.

E POR ISSO ESTAMOS AQUI, PORQUE NOS TRAZ NOSSA DOR E NOSSA RAIVA PELA VIOLÊNCIA QUE SOFREMOS AS MULHERES PELO CRIME DE SER MULHERES.

COMO PODERÁ VER NESTES DIAS, NÃO SE PERMITE NESTE LUGAR A PRESENÇA DE HOMENS.

NÃO IMPORTA SE SÃO HOMENS BONS, OU SE SÃO HOMENS REGULARES OU SE SÃO SIMPLESMENTE HOMENS, NÃO PODEM ESTAR AQUI NESTES DIAS.

ESTE LUGAR E ESTES DIAS SÃO SÓ PARA MULHERES QUE LUTAM.

OU SEJA, QUE NÃO PARA QUALQUER MULHER.

AS COMPANHEIRAS INSURGENTES E MILICIANAS SÃO AS ENCARREGADAS DE NOS CUIDAR E PROTEGER NESTES DIAS E NESTE LUGAR.

TAMBÉM TEMOS FEITO O ESFORÇO PARA QUE TENHA ONDE DESCANSAR, ONDE COMER E ONDE SE BANHAR.

TANTO PARA O DESCANSO, A COMIDA E O BANHO, TE PEDIMOS QUE SEJA IRMÃ E COMPANHEIRA SOBRETUDO COM AS MULHERES QUE JÁ SÃO DE JUÍZO, OU SEJA, DE IDADE.

TEMOS QUE AS RESPEITAR PORQUE NÃO SÃO NOVAS NA LUTAR DE SER MULHERES COMO SOMOS.

SEUS CABELOS BRANCOS, SUAS ENFERMIDADES, SUAS RUGAS NÃO CONSEGUIRAM COMPRANDO AS DO SISTEMA PATRIARCAL.

TÃO POUCO PORQUE SE RENDERAM AO MACHISMO.

NEM PORQUE TENHAM CEDIDO, OU SEJA, MUDADO SEU PENSAMENTO DE LUTA PELOS DIREITOS DAS MULHERES QUE SOMOS.

ELAS SÃO QUEM SÃO PORQUE NÃO SE TEM VENDIDO, NEM RENDIDO, NEM CEDIDO.

E ÀS MULHERES DE IDADE, DE JUÍZO, AS PEDIMOS TAMBÉM A RESPEITAR E SAUDAR ÀS MAIS JOVENS, SEJAM CRIANÇAS OU ADULTAS.

PORUQE DELAS TAMBÉM É ESSA LUTA. E NÃO AS FALTAM NEM DECISÃO NEM COMPROMISSO.

SE NÃO DEIXAMOS QUE NOS DIVIDAM AS GEOGRAFIAS, ENTÃO TÃO POUCO DEIXEMOS QUE NOS DIVIDAM OS CALENDÁRIOS.

TODAS, SEM IMPORTAR O CALENDÁRIO QUE CARREGAMOS NEM A GEOGRAFIA EM QUE VIVEMOS, ESTAMOS NA MESMA: A LUTA POR NOSSOS DIREITOS COMO MULHERES QUE SOMOS.

POR EXEMPLO, NOSSO DIREITO À VIDA.

E AQUI É ONDE ESTAMOS TRISTES E COM PENA PORQUE A MAIS DE UM ANO DO PRIMEIRO ENCONTRO, NÃO PODEMOS DAR BONS RESULTADOS.

EM TODO O MUNDO SEGUEM ASSASSINANDO MULHERES, AS SEGUEM DESAPARECENDO, SEGUEM AS VIOLENTANDO, SEGUEM AS DEPRECIANDO.

NESTE ANO NÃO PARARAM OS NÚMEROS DE ESTUPRADAS, DESAPARECIDAS E ASSASSINADAS.

O QUE SABEMOS É QUE HÁ AUMENTADO.

E NÓS COMO ZAPATISTAS VEMOS QUE ISSO É MUITO GRAVE.

POR ISSO CONVOCAMOS A ESTE SEGUNDO ENCONTRO COM UM SÓ TEMA: A VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES.

IRMÃ E COMPANHEIRA, VOCÊ QUE PÔDE CHEGAR E VOCÊ QUE NÃO PÔDE:

QUEREMOS TE VER E ESCUTAR, PORQUE TEMOS PERGUNTAS.

COMO SE ORGANIZA?

QUE FEZ?

QUE ACONTECEU?

PORQUE SE LEMBRA QUE QUANDO FOI NOSSO PRIMEIRO ENCONTRO,  NOS COMPROMETEMOS A NOS ORGANIZAR EM NOSSOS LUGARES, QUE JÁ BASTA DE ASSASSINADAS, DESAPARECIDAS, HUMILHADAS E DESPREZADAS.

MAS VEMOS QUE SEGUE AINDA MAIS PIOR.

DIZEM QUE HÁ IGUALDADE DE GÊNERO PORQUE NOS MAUS GOVERNOS HÁ IGUAL DE HOMENS E MULHERES, MANDÕES E MANDONAS.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE HÁ MAIS DIREITOS NO SALÁRIO PARA AS MULHERES.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE HÁ MUITO AVANÇO NAS LUTAS FEMINISTAS.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE AGORA AS MULHERES TÊM MAIS VOZ.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE AGORA JÁ SE LEVA EM CONTA AS MULHERES.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE AGORA HÁ MAIS LEIS QUE PROTEGEM AS MULHERES.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE AGORA É MUITO BEM VISTO FALAR BEM DAS MULHERES E SUAS LUTAS.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE HÁ HOMENS QUE ENTENDEM A LUTA DE MULHERES COMO SOMOS E ATÉ SE DIZEM FEMINISTAS.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE A MULHER ESTÁ EM MAIS ESPAÇOS

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE ATÉ TEM SUPER HEROÍNAS NOS FILMES.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

DIZEM QUE JÁ HÁ MAIS CONSCIÊNCIA E RESPEITO A MULHER.

MAS NOS SEGUEM ASSASSINANDO.

CADA VEZ MAIS ASSASSINADAS.

CADA VEZ COM MAIS BRUTALIDADE.

CADA VEZ COM MAIS SANHA, CORAGEM, INVEJA E ÓDIO.

CADA VEZ COM MAIS IMPUNIDADE.

OU SEJA QUE CADA VEZ COM MAIS MACHOS QUE SÃO CASTIGADOS, QUE SEGUEM IMPUNES, COMO SE NADA, COMO SE ASSASSINAR A UMA MULHER, DESAPARECÊ-LA, EXPLORÁ-LA, USÁ-LA, DESPREZÁ-LA FOSSE QUALQUER COISA.

NOS SEGUEM ASSASSINANDO E TODAVIA NOS PEDEM, NOS EXIGEM, NOS ORDENAM QUE ESTEJAMOS BEM COMPORTADAS.

E NÃO SE PODE CRER, MAS SE UM GRUPO DE TRABALHADORAS E TRABALHADORES FECHAM UMA ESTRADA, OU FAZEM UMA GREVE, OU PROTESTAM FAZ-SE UM GRANDE ESCÂNDALO.

DIZEM QUE VIOLAM OS DIREITOS DAS MERCADORIAS, DOS CARROS, DAS COISAS.

E NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO HÁ FOTOS, VÍDEOS, REPORTAGENS, ANÁLISES E COMENTÁRIOS CONTRA ESSES PROTESTOS.

MAS SE ESTUPRAM UMA MULHER, APENSAS SE PÕE UM NÚMERO A MAIS OU UM NÚMERO A MENOS EM SUAS ESTATÍSTICAS.

E SE AS MULHERES PROTESTAM E JOGAM SUAS PEDRAS AOS DE CIMA, ROMPEM OS VIDROS DO DE CIMA, GRITAM SUAS VERDADES AOS DE CIMA, ENTÃO AÍ SIM UM GRANDE BARULHO.

MAS SE NOS DESAPARECEM, SE NOS ASSASSINAM, ENTÃO SÓ PÕEM MAIS OUTRO NÚMERO. UMA VÍTIMA A MAIS, UMA MULHER A MENOS.

COMO SE O PODEROSO QUISESSE DEIXAR BEM CLARO QUE O QUE IMPORTA É SEU LUCRO E NÃO A VIDA.

VALEM OS CARROS, AS PEDRAS, OS VIDROS, AS MERCADORIAS.

A VIDA NÃO VALE NADA.

E SE É A VIDA DE UMA MULHER, ENTÃO TODAVIA VALE AINDA MENOS.

POR ISSO É QUE NÓS COMO ZAPATISTAS QUE SOMOS, OU SEJA, COMO ANTICAPITALISTAS E ANTIPATRIARCAIS, POIS NÓS PENSAMOS PORQUÊ FAZ ASSIM O SISTEMA.

E ENTÃO POIS PARECE QUE NOSSAS MORTES VIOLENTAS, NOSSAS DESAPARIÇÕES, NOSSAS DORES, SÃO UM LUCRO A MAIS PARA O SISTEMA CAPITALISTA.

PORQUE O SISTEMA SÓ PERMITE O QUE LHE BENEFICIA OU LHE DÁ LUCRO.

POR ISSO DIZEMOS QUE O SISTEMA CAPITALISTA É PATRIARCAL.

VALE E MANDA O PATRIARCADO, AINDA QUE SEJA MULHER A CAPATAZ.

É NOSSO PENSAMENTO ENTÃO QUE, PARA LUTAR POR NOSSOS DIREITOS, POR EXEMPLOO DIREITO A VIDA, NÃO BASTA QUE LUTEMOS CONTRA O MACHISMO, O PATRIARCADO OU COMO SE QUEIRA CHAMAR.

TEMOS QUE LUTAR TAMBÉM CONTRA O SISTEMA CAPITALISTA.

VÃO-SE JUNTO E AGARRADO, ASSIM DIZEMOS NÓS AS ZAPATISTAS.

MAS SABEMOS QUE HÁ OUTROS PENSAMENTOS E OUTROS MODOS DE LUTA DE MULHERES COMO SOMOS.

DE REPENTE ALGO ENTENDEMOS.

DE REPENTE ALGO APRENDEMOS.

POR ISSO CONVIDAMOS A TODAS AS MULHERES QUE LUTAM.

NÃO IMPORTA QUAL SEU PENSAMENTO OU SUA MANEIRA.

O QUE IMPORTA É QUE LUTEMOS POR NOSSA VIDA, QUE AGORA MAIS QUE NUNCA, É A QUE CORRE PERIGO EM TODOS OS LUGARES E EM TODOS OS TEMPOS.

AINDA QUE DIGAM E PREGUEM QUE HÁ MUITOS AVANCES PARA AS MULHERES, A VERDADE É QUE NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE HÁ SIDO TÃO MORTAL SER MULHER.

JÁ VÊ, COMPANHEIRA E IRMÃ, QUE LOGO DIZEM QUE TAL OU QUAL PROFISSÃO É A MAIS PERIGOSA.

QUE SE É MAIS PERIGOSO SER JORNALISTA, OU FORÇA REPRESSIVA, OU SER JUIZ, OU SER MAU GOVERNO.

MAS VOCÊ E NÓS SABEMOS QUE O MAIS PERIGOSO AGORA NO MUNDO É SER MULHER.

NÃO IMPORTA SE É MENINA, OU JOVEM, OU ADULTA OU JÁ DE JUÍZO.

NÃO IMPORTA SE É BRANCA, AMARELA, VERMELHA OU DA COR DA TERRA.

NÃO IMPORTA SE É GORDA, MAGRA, BAIXA, BONITA OU FEIA.

NÃO IMPORTA SE É DE CLASSE BAIXA, MÉDIA OU ALTA.

NÃO IMPORTA SUA LÍNGUA, SUA CULTURA, SUA CRENÇA, SUA MILITÂNCIA.

NA HORA DA VIOLÊNCIA, SÓ O QUE IMPORTA É SER MULHER.

IRMÃ E COMPANHEIRA:

COMO ZAPATISTAS QUE SOMOS, SABEMOS QUE NOS DARÃO MUITOS EXEMPLOS DE MULHERES QUE HÃO AVANÇADO, TRIUNFADO, GANHADO PRÊMIOS E BONS SALÁRIOS, QUE HÃO TIDO ÊXITO, DIZEM.

NÓS RESPONDEMOS FALANDO DAS ESTUPRADAS, DAS DESAPARECIDAS, DAS ASSASSINADAS.

ENTÃO, LHES RESPONDEMOS QUE DE LÁ DE CIMA FALAM DOS DIREITOS CONQUISTADOS LÁ EM CIMA POR UMAS QUANTAS.

ENTÃO LHES DIZEMOS, EXPLICAMOS, GRITAMOS QUE FALTA O MAIS ELEMENTAL DOS DIREITOS PARA TODAS AS MULHERES, O MAIS IMPORTANTE: O DIREITO À VIDA.

E JÁ O TEMOS DITO MUITAS VEZES, COMPANHEIRA E IRMÃ, MAS AGORA O REPETIMOS:

O DIREITO A VIDA E TODOS OS DIREITOS QUE MERECEMOS E NECESSITAMOS, NÃO NOS VÃO A PRESENTEAR NINGUÉM.

NÃO NOS VÃO A DAR O HOMEM MAU, BOM, REGULAR, OU QUALQUER.

NÃO NÃO VAI A DAR O SISTEMA CAPITALISTA POR MUITAS LEIS E PROMESSAS QUE FAÇA.

O DIREITO A VIDA, E TODOS OS DIREITOS, OS TEMOS QUE CONQUISTAR.

TODO O TEMPO E EM TODOS OS LUGARES.

OU SEJA QUE PARA AS MULHERES QUE LUTAM NÃO HÁ DESCANSO.

IRMÃ E COMPANHEIRA:

TEMOS QUE NOS DEFENDER.

AUTODEFENDER-NOS COMO INDIVÍDUAS E COMO MULHERES.

E SOBRETUDO TEMOS QUE NOS DEFENDER ORGANIZADAS.

APOIAR-NOS TODAS.

PROTEGER-NOS TODAS.

DEFENDER-NOS TODAS.

E TEMOS QUE COMEÇAR JÁ.

MINHAS COMPANHEIRAS COORDENADORAS DO ENCONTRO ME HÃO ENCARREGADO QUE AS DIGA ESTAS PALAVRAS PORQUE SOU MÃE DE UMA MENINA E ELA ESTÁ AQUI COMIGO.

PORQUE NOSSO DEVER COMO MULHERES QUE SOMOS QUE LUTAM É NOS PROTEGER E NOS DEFENDER.

E MAIS AINDA SE A MULHER É UMA MENINA APENAS.

A TEMOS QUE PROTEGER E DEFENDER COM TUDO O TEMOS.

E SE JÁ NÃO TEMOS NADA, POIS COM PAUS E PEDRAS.

E SE NÃO HÁ PAU NEM PEDRA, POIS COM NOSSOS CORPOS.

COM UNHAS E DENTES HÁ QUE PROTEGER E DEFENDER.

E ENSINÁ-LAS AS MENINAS A PROTEGER-SE E DEFENDER-SE QUANDO JÁ CRIAREM E TEREM SUAS PRÓPRIAS FORÇAS.

ASSIM ESTÁ A COISA, IRMÃ E COMPANHEIRA, TEMOS QUE VIVER NA DEFENSIVA.

E TEMOS QUE ENSINAR ÀS NOSSAS CRIANÇAS A CRESCER NA DEFENSIVA.

ASSIM ATÉ QUE POSSAM JÁ NASCER, CRIAR E CRESCER SEM MEDO.

NÓS COMO ZAPATISTAS PENSAMOS QUE É MELHOR PARA ISSO QUE ESTEJAMOS ORGANIZADAS.

SABEMOS QUE HÁ QUEM PENSA QUE TAMBÉM SE PODE NO INDIVIDUAL.

MAS NÓS FAZEMOS ORGANIZADAS COMO ZAPATISTAS QUE SOMOS.

PORQUE SOMOS MULHERES QUE LUTAM, SIM, MAS SOMOS MULHERES ZAPATISTAS.

POR ISSO, COMPANHEIRA E IRMÃ, A CONTAGEM QUE TE TRAZEMOS É QUE ENTRE NOSSAS COMPANHEIRAS NESTE ANO NÃO HOUVE NENHUMA ASSASSINADA NEM DESAPARECIDA.

SIM TEMOS ALGUNS CASOS, SEGUNDO A ÚLTIMA REUNIÃO QUE FIZEMOS, DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER.

E ESTAMOS VENDO DE CASTIGAR AOS RESPONSÁVEIS, HOMENS TODOS ELES.

E NÃO SÓ ESTÃO VENDO AS AUTORIDADES AUTÔNOMAS, TAMBÉM ESTAMOS VENDO COMO MULHERES ZAPATISTAS QUE SOMOS.

E TAMBÉM TE DIZEMOS A MERA VERDADE QUE AS VEZES NOS BRIGAMOS UMAS COM AS OUTRAS, COMPANHEIRA E IRMÃ. BRIGAMOS POR BOBAGENS DE COMO MULHERES QUE SOMOS.

TALVEZ É QUE PERDEMOS O TEMPO COM ESSAS BRIGAS PENDEJAS PORQUE AGORA ESTAMOS VIVAS E SEGURAS.

PORQUE HOUVE UM TEMPO EM QUE SÓ VIVÍAMOS A MORTE.

E, A MERA VERDADE, OLHANDO COMO ESTÃO AS COISAS EM SEUS MUNDOS, POIS NÃO TE OFENDAS IRMÃ E COMPANHEIRA, MAS DESEJAMOS QUE OXALÁ CHEGUE O DIA QUE VOCÊS SE DISCUTAM E BRIGUEM POR QUEM É MAIS BONITA, MAIS JOVEM, MAS INTELIGENTE, MELHOR VESTIDA, COM MAIS NAMORADOS E NAMORADAS, OU MARIDOS E MARIDAS, OU PORQUE VESTEM A MESMA ROUPA, OU PORQUE SUAS CRIANÇAS SÃO MELHORES OU PIORES, OU POR ESSAS COISAS QUE PASSAM NA VIDA

PORQUE NESSE DIA, COMPANHEIRA E IRMÃ, QUER DIZER QUE ISSO, A VIDA, JÁ NÃO É UM PROBLEMA.

ENTÃO TALVEZ PODEREMOS SER IGUAL DE PENDEJOS QUE OS HOMENS E ANDAR DE BABOSEIRAS E TONTERIAS.

OU TALVEZ NÃO, TALVEZ ENTENDAMOS ENTÃO QUE JÁ VIVAS E LIVRES, SERÃO OUTROS OS PROBLEMAS, OUTRAS AS DISCUSSÕES E OUTRAS AS BRIGAS.

MAS ENQUANTO ESSE DIA NÃO CHEGA, IRMÃ E COMPANHEIRA, POIS TEMOS QUE CUIDARMOS UMA DA OUTRA.

PROTEGER-NOS ENTRE NÓS.

E DEFENDER-NOS ENTRE NÓS.

PORQUE VOCÊ SABE BEM, COMPANHEIRA E IRMÃ, ESTAMOS EM UMA GUERRA.

ELES POR NOS MATAR.

NÓS POR VIVER, MAS VIVER SEM MEDO, VIVER LIVRES PORTANTO.

E POR ESTA DOR, ESTA RAIVA QUE TEMOS DE NÃO PODER VIVER LIVRES, É QUE QUEREMOS MANDAR UM GRITO DE RAIVA A TODO O MUNDO.

E TAMBÉM UM RESPIRO DE LUTA A TODAS E CADA UMA DAS MULHERES QUE SÃO VIOLENTADAS FISICAMENTE E DE TODAS AS FORMAS QUE HÁ.

E, COMO MULHERES ZAPATISTAS, QUEREMOS MANDAR UM ABRAÇO ESPECIAL ÀS FAMILIAS DAS MULHERES DESAPARECIDAS E ASSASSINADAS.

UM ABRAÇO QUE AS FAÇAM SABER QUE NÃO ESTÃO SOZINHAS, QUE, DO NOSSO MODO E NO NOSSO LUGAR, ACOMPANHAMOS SUA DEMANDA DE VERDADE E JUSTIÇA.

PORQUE PARA ISSO NOS REUNIMOS, IRMÃ E COMPANHEIRA.

PARA GRITAR NOSSA DOR E NOSSA RAIVA.

PARA ACOMPANHAR-NOS E ANIMAR-NOS.

PARA NOS ABRAÇARMOS.

PARA SABERMOS QUE NÃO ESTAMOS SOZINHAS.

PARA BUSCAR CAMINHOS DE APOIO E AJUDA.

POIS ESTA É NOSSA PEQUENA PALAVRA, IRMÃ E COMPANHEIRA.

AS INSURGENTAS E MILICIANAS HÃO PREPARADO UMA CONVERSA SEGUNDO SUA MANEIRA DELAS E ESSA SERÁ DAQUI A POUCO; E AÍ TE RECORDAREMOS DA PEQUENA LUZ QUE TE DEMOS NO PRIMEIRO ENCONTRO.

MAIS DEPOIS VAMOS A INICIAR OS TRABALHOS DESTA REUNIÃO DEDICANDO TODO O DIA DE HOJE ÀS DENÚNCIAS.

VAMOS TER ESTE LUGAR E ESTE DIA DEDICADO A DENUNCIAR A VIOLÊNCIA QUE SOFREMOS.

HOJE É UMA SÓ MESA DE DENÚNCIAS E AQUI VAI ESTAR UM MICROFONE ABERTO.

AQUI VAMOS A PODER PASSAR E TOMAR A PALAVRA E SACAR NOSSA RAIVA, NOSSA CORAGEM DE TODO QUE NOS FAZEM.

E TODAS VAMOS A ESCUTAR COM ATENÇÃO E RESPEITO.

NINGUÉM MAIS VAI ESCUTAR O QUE DIGAMOS.

SOMENTE NÓS QUE SOMOS MULHERES QUE LUTAM E QUE ESTAMOS AQUI PRESENTES.

ASSIM QUE SEM RECEIOS, IRMÃ E COMPANHEIRA, DIGA CLARAMENTE SUA DOR, CHORE SUA CORAGEM, GRITE SUA RAIVA.

E TENHA CLARO QUE AO MENOS NÓS, AS ZAPATISTAS, TE VAMOS A FAZER UM LUGAR EM NOSSO CORAÇÃO COLETIVO E, ATRAVÉS DE NÓS QUE ESTAMOS AQUI, DEZENAS DE MILHARES DE MULHERES INDÍGENAS ZAPATISTAS TE ACOMPANHARÃO.

JÁ LOGO AMANHÃ TEMOS DE COMPARTILHARMOS AS IDEIAS, TRABALHOS E EXPERIÊNCIAS QUE TRAZEM VOCÊS PARA BUSCAR OS CAMINHOS PARA QUE SE ACABE ESSE PESADELO DE DOR E MORTE.

E O ÚLTIMO DIA DESTE ENCONTRO VAMOS A DEDICÁ-LO A CULTURA, ARTE E FESTA.

ASSIM UM DIA GRITAMOS NOSSAS DORES E CORAGENS.

OUTRO DIA COMPARTILHAMOS IDEIAS E EXPERIÊNCIAS.

E O TERCEIRO DIA GRITAMOS DE ALEGRIA E FORÇA.

PORQUE SOMOS MULHERES QUE SOFREM.

MAS TAMBÉM SOMOS MULHERES QUE PENSAM E SE ORGANIZAM.

E, SOBRE TUDO, SOMOS MULHERES QUE LUTAM.

ASSIM VAI A ESTAR.

ASSIM QUE JÁ SABE, É BEM VINDA COMPANHEIRA E IRMÃ.

VOCÊ QUE CHEGOU E VOCÊ QUE NÃO ESTÁ MAS ESTÁ EM CORAÇÃO.

-*-

ENTÃO, EM NOME DAS MULHERES ZAPATISTAS DE TODAS AS IDADES, E SENDO AS 13:57, HORA ZAPATISTA, DO DIA 27 DE DEZEMBRO DE 2019, DECLARO FORMALMENTE INAUGURADO ESSE SEGUNDO ENCONTRO DAS MULHERES QUE LUTAM, AQUI NAS MONTANHAS DO SUDESTE MEXICANO.

DESDE O SEMILLERO “HUELLAS DEL CAMINAR DE LA COMANDANTA RAMONA”, CARACOL TORBELLINO DE NUESTRA PALABRA, MONTANHAS ZAPATISTAS EM RESISTÊNCIA E REBELDIA.

COMANDANTA AMADA.
MÉXICO, DEZEMBRO DE 2019.

 

Share

No hay comentarios »

No hay comentarios todavía.

RSS para comentarios de este artículo.

Deja un comentario

Notas Importantes: Este sitio web es de la Comisión Sexta del EZLN. Esta sección de Comentarios está reservada para los Adherentes Registrados y Simpatizantes de la Sexta Declaración de la Selva Lacandona. Cualquier otra comunicación deberá hacerse llegar por correo electrónico. Para evitar mensajes insultantes, spam, propaganda, ataques con virus, sus mensajes no se publican inmediatamente. Cualquier mensaje que contenga alguna de las categorías anteriores será borrado sin previo aviso. Tod@s aquellos que no estén de acuerdo con la Sexta o la Comisión Sexta del EZLN, tienen la libertad de escribir sus comentarios en contra en cualquier otro lugar del ciberespacio.


Archivo Histórico

1993     1994     1995     1996
1997     1998     1999
2000     2001     2002     2003
2004     2005     2006
2007     2008     2009     2010
2011     2012     2013
2014     2015     2016     2017
2018    2019   

Comunicados de las JBG Construyendo la autonomía Comunicados del CCRI-CG del EZLN Denuncias Actividades Caminando En el Mundo Red nacional contra la represión y por la solidaridad