correoslista de correosrecibe automaticamente las actualizaciones a tu correosiguenos en tuitersiguenos en facebook siguenos en youtube

enlaceZapatista

Palabra del Ejército Zapatista de Liberación Nacional

Mar292018

CONVOCATÓRIA AO PASSO SEGUINTE NA LUTA

“CONVOCATÓRIA AO PASSO SEGUINTE NA LUTA”

 

IRMÃS E IRMÃS, COMPANHEIRAS E COMPANHEIRAS DO CAMPO E DA CIDADE, DO MÉXICO E DO MUNDO:

O Congresso Nacional Indígena (CNI), o Concelho Indígena de Governo (CIG), a Associação Civil “Chegou a hora do florescimento de povos” e o Exército Zapatista de Libertação Nacional, se dirigem as pessoas individualmente, grupos, coletivos e organizações, povos, bairros, tribos e nações que, no México e em outros países, fizeram sua a iniciativa de conseguir o registro da porta-voz do CIG, María de Jesús Patricio Martínez, como candidata à presidência do México.

Os dados concretos e comprovados que temos são:

  • Assinaturas recebidas pelo Instituto Nacional Eleitoral (INE): 281,955. Destas, 10,624 foram registradas em papel, não em meios digitais. Destas, a imensa maioria correspondem a assembleias comunitárias.
  • Sob os critérios do próprio INE, 94.5% das assinaturas recolhidas aparecem em uma lista nominal.
  • Auxiliares: Registrados 14,117, ativos 5,704. A respeito da diferença entre registrados e ativos, 8,413, em dezembro mandaram 5,322 emails a quem se registrou então como auxiliares, mas não reportaram nenhuma assinatura, e responderam de volta 2,137. Destes, 1,618 explicaram que não contavam com um celular adequado, seja pela aplicação do INE, seja pela câmera do celular.
  • A média de assinaturas por auxiliar ativo: 49.43 (dados obtidos da página d@s irm@s de Cryptopzol, quem recolheram as informações desde 3 de novembro de 2017 até 24 e 26 de fevereiro de 2018, e se pode consultar em https://criptopozol.github.io/avance_marichuy/
  • Uma contagem aproximada (não é precisa) de auxiliares por estado é a seguinte:

 

 

 

Sem Identidade definida               4930

Aguascalientes             89

 

Baja California              251

 

Baja California Sur        69

 

Campeche                    42

 

Chiapas                        864

 

Chihuahua                    188

 

Ciudad de México         3398

 

Coahuila                       92

 

Colima                          30

 

Durango                       42

 

Estado de México          1070

 

Extranjero                     105

 

Guanajuato                   345

 

Guerrero                       99

 

Hidalgo                         179

 

Jalisco                           1040

 

Michoacán                    264

 

Morelos                        274

 

Nayarit                         63

 

Nuevo León                  257

 

Oaxaca                         242

 

Puebla                          407

 

Querétaro                     301

 

Quintana Roo               189

 

San Luis Potosí             197

 

Sinaloa                        98

 

Sonora                        149

 

Tabasco                      48

 

Tamaulipas                 69

 

Tlaxcala                      94

 

Veracruz                     367

 

Yucatán                      151

 

Zacatecas                    89

 

(Nota: A conta final não coincide com os auxiliares porque, nos dizem, alguns foram registrados mais de uma vez, desesperados pois o INE não os respondia em tempo e da forma correta)

-*-

Companheiras e companheiros, irmãs e irmãos:

 

Como é evidente, não conseguimos o número de assinaturas necessárias para o registro de Marichuy como candidata à presidência.

 

As explicações e avaliações sobre o este fato, pensamos, devem ser produto de uma análise séria e uma avaliação profunda.

 

Obter o número de assinaturas suficientes teria nos permitido aproveitar esse espaço para seguir visibilizando os povos originários, suas dores e lutas, assim como apontar o caráter criminoso do sistema, para fazermos eco as dores e raivas que abundam em todo território nacional, e para promover a organização, a autogestão, a resistência e a rebeldia.

 

Não conseguimos, mas devemos seguir nosso caminho buscando outras formas, métodos e modos, com engenho, criatividade e audácia, para conseguir o que queremos.

 

Nossa aposta nunca foi tomar o Poder, sempre foi e será por uma organização autogestionária, a autonomia, a rebeldia, a resistência, pela solidariedade e o apoio mutuo e pela construção de um mundo com democracia, liberdade e justiça para tod@s.

 

A iniciativa para formar um Concelho Indígena de Governo e propor sua porta-voz, Marichuy como candidata à Presidência da República pelo Congresso Nacional Indígena, cumpriu uma etapa a mais. A primeira etapa constituiu em uma determinação que tomou o Quinto Congresso Nacional Indígena, em seu XX Aniversário, durante o mês de outubro de 2016, de consultar em todos seus povos e comunidades a iniciativa antes descrita. A segunda etapa consistiu na consulta ao interior do CNI de iniciativa para a conformar o CIG e nomear sua porta-voz. A terceira etapa culminou na Assembleia Constitutiva do CIG e a indicação, por consenso em Assembleia, sua porta-voz Maria de Jesús Patricio Martínez, no mês de maio de 2017. A quarta etapa se constituiu na colheta das assinaturas a favor de nossa porta-voz Marichuy, processo que apenas concluímos.

 

Nosso caminho segue. E a diferença fundamental com as etapas anteriores é que agora somos mais povos originários caminhando juntos, e, mais importante, agora somos mais pessoas, grupos, coletivos e organizações orientadas a buscar em nós mesm@s as soluções, que sabemos, não virão nunca de cima.

 

Essa etapa se caracterizou por envolver mais pessoas e setores, além dos povos originários do CNI, em uma luta civil pacífica, incluindo, com uma causa justa, com um horizonte de transformação radical da realidade que padecemos tod@s, com métodos legais, legítimos e honestos, e isto é algo que não podem dizer nenhum membro da classe política institucional.

 

Frente ao fato indiscutível que não conseguimos o número que, por lei, necessita-se para continuar com essa etapa, se impõe uma análise e uma reflexão que, como foi um processo inteiro, será coletiva, participativa, inclusiva, honesta e veraz.

 

Por tudo isto, e por outras coisas para as que não há palavras:

 

Primeiro: Agradecemos de coração a todas as pessoas que, no México e outros países, deram seus votos. Cada uma delas, é para nós, um abraço um exorto a seguir e não desfalecer. Saudamos a tod@s e cada un@, e como resposta, reafirmamos nosso compromisso de não desmaiar.

 

Segundo: Agradecemos de maneira especial a quem, com o sim a figura de “auxiliares” entenderam o alcance de nossa iniciativa, fizeram sua, empenharam tempo, recursos e trabalho no caminho de criar, crescer e consolidar a organização coletiva e comunitária, para enfrentar em melhores condições a tormenta que já padecemos tod@s.

 

Terceiro: Tanto a Associação Civil “Chegou a hora do florescimento dos povos”, como o Congressos Nacional Indígena que formam o Conselho Indígena de Governo e o Exército Zapatista de Libertação Nacional, iniciaram, a nível interno, uma análise séria e uma valoração desta etapa que termina.

 

Quarto: Pensamos que não corresponde somente a nós esta análise e sua valoração. Consideramos que, posto que se converteu em um esforço coletivo que passou, com muito, o horizonte dos povos originários, se deve consolidar o alcançado e manter anseio de construir outra forma de fazer política.

 

Por isso,

 

CONVOCAMOS

 

As pessoas individuais, grupos, coletivos, organizações, nações, tribos, povos e comunidades do campo e da cidade, indígenas e não indígenas, no México e outros países, que se comprometeram e enfrentaram, com trabalho, dedicação e honestidade, este processo:

 

Que façam uma análise e uma valoração levando em conta os objetivos que o CNI e o CIG fizeram públicos em sua oportunidade, e, sobretudo, considerando os objetivos que vocês mesmos traçaram, e que nos enviem no seguinte endereço eletrônico:

valoraciones@congresonacionalindigena.org

 

Dizemos a vocês também, em forma paralela a estas análises e valorações, a AC “Pelo Florescimento dos Povos”, e o Congresso Nacional Indígena, e o CIG e @s irm@s zapatistas, convidam a uma série de atividades públicas e abertas a quem quiser se envolver nesse processo, para dar seguimento a esta luta, que sabemos, apenas começou. Estas atividades serão levadas a público no momento adequado por aqueles que as convocam.

Convidamos também a que, por iniciativa própria e segundo seus próprios critérios, modos e tempos realizem atividades de análise e valorização do que acontece no México e no mundo. Porque, como disse uma outra vez a porta-voz do CIG Marichuy, nosso horizonte não termina no dia 1 julho de 2018 e não se circunscreve somente ao México.

 A resistência, a rebeldia e o empenho de construir um mundo onde caibam muitos mundos é internacional e não se limita aos nossos calendários e nem pelas geografias de quem lá em cima nos explora, nos despreza, nos rouba e nos destrói.

México, março de 2018.

NUNCA MAIS UM MÉXICO SEM NÓS

NUNCA MAIS UM MUNDO DE MORTE E DESTRUIÇÃO

CONGRESSO NACIONAL INDÍGENAS

CONSELHO INDÍGENA DE GOVERNO

“CHEGOU A HORA DO FLORESCIMENTO DOS POVOS” , A.C.

 

EXÉRCITO ZAPATISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL.

 

 

 

 

 

 

 

Share

No hay comentarios »

No hay comentarios todavía.

RSS para comentarios de este artículo.

Deja un comentario

Notas Importantes: Este sitio web es de la Comisión Sexta del EZLN. Esta sección de Comentarios está reservada para los Adherentes Registrados y Simpatizantes de la Sexta Declaración de la Selva Lacandona. Cualquier otra comunicación deberá hacerse llegar por correo electrónico. Para evitar mensajes insultantes, spam, propaganda, ataques con virus, sus mensajes no se publican inmediatamente. Cualquier mensaje que contenga alguna de las categorías anteriores será borrado sin previo aviso. Tod@s aquellos que no estén de acuerdo con la Sexta o la Comisión Sexta del EZLN, tienen la libertad de escribir sus comentarios en contra en cualquier otro lugar del ciberespacio.


Archivo Histórico

1993     1994     1995     1996
1997     1998     1999
2000     2001     2002     2003
2004     2005     2006
2007     2008     2009     2010
2011     2012     2013
2014     2015     2016     2017

Comunicados de las JBG Construyendo la autonomía Comunicados del CCRI-CG del EZLN Denuncias Actividades Caminando En el Mundo Red nacional contra la represión y por la solidaridad