correoslista de correosrecibe automaticamente las actualizaciones a tu correosiguenos en tuitersiguenos en facebook siguenos en youtube

enlaceZapatista

Palabra del Ejército Zapatista de Liberación Nacional

Ene082020

CONVOCATÓRIAÁS JORNADAS EM DEFESA DO TERRITÓRIO E DA MÃE TERRA“SAMIR SOMOS TODAS E TODOS”

CONVOCATÓRIA

ÁS JORNADAS EM DEFESA DO TERRITÓRIO E DA MÃE TERRA
“SAMIR SOMOS TODAS E TODOS”

IRMÃS E IRMÃOS DOS POVOS DO MÉXICO E DO MUNDO:

PRIMEIRO – Hoje mais do que nunca o capitalismo cresce sobre a guerra e a expropriação de todas as formas de vida. Os maus governos e as grandes empresas capitalistas, com nome e sobrenome cada um deles, pretendem invisibilizar nossas lutas em defesa do território e da mãe terra, normalizando inclusive o assassinato de nosso irmão que as defendem. Hoje nos dói no coração coletivo os assassinatos de:

  • Samir Flores Soberanes do povo nahua de Amilcingo, Morelos.
  • Julián Cortés Flores, do povo mephaa da Casa de Justiça de San Luis Acatlán, Guerrero.
  • Ignacio Pérez Girón, do povo tzotzil do município de Aldama, Chiapas.
  • José Lucio Bartolo Faustino, Modesto Verales Sebastián, Bartolo Hilario Morales e Isaías Xanteco Ahuejote do povo nahua organizado com o Concelho Indígena e Popular de Guerrero – Emiliano Zapata (CIPOG – EZ).
  • Juan Monroy e José Luis Rosales, do povo nahua de Ayotitlán, Jalisco.
  • Feliciano Corona Cirino, companheiro do povo nahua de Santa María Ostula, Michoacán.
  • Josué Bernardo Marcial Campo, também conhecido como TíoBad, do povo popoluca de Veracruz.

Nossos companheiros foram assassinados por se opôr à guerra com a que o mau governo pretende tomar as nossas terras, montes e águas, para consolidar a espoliação que ameaça nossa existência da humanidade.

Assim mesmo nos dói a desaparição forçada de nosso irmão Sergio Rivera Hernández, nahua de Sierra Negra, Puebla, defensor do território e da mãe terra.

SEGUNDO – O capitalismo, em sua atual etapa neoliberal, assume formas cada vez mais monstruosas, declarando uma guerra total contra a humanidade e contra a terra, nossa mãe. O atual desenvolvimento econômico, baseado na escala planetária da proeminência do capital financeiro que domina povos, nações e continentes inteiros; apoiado na grande indústria militar e extrativista; crescendo-se mediante guerras reais e fictícias, a profusão do crime organizado, assim como invasões e golpes de estado, está levando, em sua lógica insaciável de acumulação e consumo capitalistas, a uma mudança climática irreversível e a um limite que põe em perigo as condições para a vida humana no planeta.

TERCEIRO – Ademais, o atual sistema, com sua organização patriarcal herdada de sistemas e civilizações anteriores, mas, aprofundada nos últimos séculos, se exibe como um inimigo violento, não só da humanidade, senão particularmente das mulheres e da nossa mãe terra. É dizer, a exploração e a profunda violência estrutural contra as mulheres é própria do capitalismo ainda que nasceu muito antes; a propriedade privada capitalista, base deste sistema, não pode ser explicada nem entendida senão como parte de um sistema patriarcal de dominação sobre as mulheres e a terra.

QUARTO – No México, a aceleração da atividade mineradora e da extrativista e de condução de hidrocarbonetos, a criação da Guarda Nacional na lógica da Iniciativa Mérida e o impulso, custe o que custar, dos grandes megaprojetos (Corredor Transísmico Salina Cruz-Coatzacoalcos, Trem Maia e Projeto Integral Morelos, Novo aeroporto internacional da cidade do México) que pretendem reordenar os territórios, as populações e as fronteiras da américa central e do norte em uma lógica de expropriação e exploração capitalista, tornam urgentes a defesa da vida humana, dos territórios de nossos povos e da terra em uma perspectiva claramente anticapitalista e antipatriarcal. E é por isso tudo que:

CONVOCAMOS AOS POVOS DO MÉXICO E DO MUNDO, AS ORGANIZAÇÕES E COLETIVOS DE TRABALHADOR@S DO CAMPO, DO MAL E DA CIDADE, ÀS MULHERES, ESTUDANTES, CRIANÇAS, ANCIÃES E ANCIÕES, INTEGRANTES DA DIVERSIDADE SEXUAL

ÁS JORNADAS EM DEFESA DO TERRITÓRIO E DA MÃE TERRA
“SAMIR SOMOS TODAS E TODOS”

De acordo com o seguinte calendário:

20 de fevereiro de 2020: Ações deslocadas pelo México e pelo Mundo em Defesa do Território e da Mãe Terra, por justiça para noss@s mort@s, desaparecid@s, pres@s e contra dos megaprojetos de morte.

21 de fevereiro de 2020: Marcha por Justiça Para Nosso Irmão Samir Flores Soberanes, para noss@s mort@s, desaparecid@s, pres@s e em Defesa do Território e da Mãe Terra. Cidade do México. Ponto de partido: Oficinas da Comissão Federal de Eletricidade na Avenida Reforma, as 16 horas.

22 de fevereiro de 2020: Assembléia em Defesa do Território e da Mãe Terra, no centro da Comunidade Amilcingo, Município de Temoac, Estado de Morelos, a partir das 10 horas.

ATENTAMENTE

A 7 de janeiro de 2020:
Pela Reconstituição Integral de Nossos Povos
Nunca Mais Um México Sem Nós

ASSEMBÉIA DA RESISTÊNCIA DE AMILCINGO

CONGRESSO NACIONAL INDÍGENA-CONCELHO INDÍGENA DE GOVERNO

EXÉRCITO ZAPATISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL.

POVOS, COMUNIDADES, ORGANIZAÇÕES, COLETIVOS E INDIVÍDU@S PARTICIPANTES DO FÓRUM EM DEFESA DE TERRITÓRIO E DA MÃE TERRA, REALIZADO NOS DIAS 21 E 22 DE DEZEMBRO DE 2019, NO CARACOL JACINTO CANEK/CIDECI-UNITIERRA, SAN CRISTÓBAL DE LAS CASAS, CHIAPAS.

Redes, Organizações e Coletivos de Resistência e Rebeldia aderentes à Sexta Nacional e Internacional
Tribu Yaqui del Pueblo de Bácum, Sonora
Asamblea de los Pueblos Indígenas del Istmo de Tehuantepec
Proceso de Articulación de la Sierra de Santa Martha, Veracruz
Pueblo Náyeri, Nayarit
Junta de Vecinos en Resistencia Tanque y Américas, Monterrey, Nuevo León
Comunidad de San Lorenzo Azqueltán, Jalisco
Comuneros de Cherán, Michoacán
PROFECTAR, Pueblo Rarámuri de Chihuahua
Un Salto de Vida, Jalisco
Organización de los Doce Pueblos de Tecámac, Estado de México
Coordinadora de Pueblos y Organizaciones del Oriente del Estado de México
Asamblea General de los Pueblos, Barrios, Colonias y Pedregales de Coyoacán, Ciudad de México
Comunidad Coca de Mezcala, Jalisco
Comunidad Indígena Nahua de Zacualpan, Colima
Consejo de Ejidos y Comunidades Opositoras a la Presa La Parota, Gro
Frente de Pueblos en Defensa de la Tierra y el Agua de Morelos, Puebla y Tlaxcala
Ka Kuxtal Muh Meyaj A.C., Pueblo Maya Peninsular, Campeche
Otomies Residentes en la Ciudad de México
Frente Nacional por la Liberación de los Pueblos, Guerrero
Defensores del Rio Metlapanapa, Puebla
Concejo Indígena y Popular de Guerrero-Emiliano Zapata
Consejo Regional Indígena del Cauca (CRIC) Colombia
Asamblea de Defensores del Territorio Maya Muuch Ximbal, Yucatan
Comunidad Indígena de Santa María Ostula
Ejido Tila, Chiapas
Consejo Regional Indígena y Popular de Xpujil, Campeche
Comité de Defensa de los Pueblos Indígenas (CODEDI), Oaxaca
Centro comunitario Raxajal Mayab y Colectivo Autónomo de José María Morelos, Quintana Roo
Comuneros de Cuatro Venados, Oaxaca
ZODEVITE, Chiapas
Consejo Tiyat Tlali de la Sierra Norte de Puebla
Movimiento Agrario Indígena Zapatista (MAIZ), Puebla y Oaxaca
Unión de Organizaciones de la Sierra Juárez (UNOSJO) Oaxaca
Asamblea del Pueblo Chontal, Oaxaca
Comunidad Binnizá de Unión Hidalgo, Oaxaca
Comunidad de Historia Mapuche
Mujeres Mapuche
Mujeres del Pueblo Kurdo
Geocomunes
Mexicali Resiste
UCIZONI, Oaxaca
Tribu Mayo
Consejo Autónomo de la Costa de Chiapas
LA VIDA, Veracruz

 

Share

No hay comentarios »

No hay comentarios todavía.

RSS para comentarios de este artículo.

Deja un comentario

Notas Importantes: Este sitio web es de la Comisión Sexta del EZLN. Esta sección de Comentarios está reservada para los Adherentes Registrados y Simpatizantes de la Sexta Declaración de la Selva Lacandona. Cualquier otra comunicación deberá hacerse llegar por correo electrónico. Para evitar mensajes insultantes, spam, propaganda, ataques con virus, sus mensajes no se publican inmediatamente. Cualquier mensaje que contenga alguna de las categorías anteriores será borrado sin previo aviso. Tod@s aquellos que no estén de acuerdo con la Sexta o la Comisión Sexta del EZLN, tienen la libertad de escribir sus comentarios en contra en cualquier otro lugar del ciberespacio.


Archivo Histórico

1993     1994     1995     1996
1997     1998     1999
2000     2001     2002     2003
2004     2005     2006
2007     2008     2009     2010
2011     2012     2013
2014     2015     2016     2017
2018    2019   

Comunicados de las JBG Construyendo la autonomía Comunicados del CCRI-CG del EZLN Denuncias Actividades Caminando En el Mundo Red nacional contra la represión y por la solidaridad